Núcleo de Investigação e Pesquisa Psicanalítica nas Toxicomanias e no Alcoolismo – TyA

Fo poço

 

NÚCLEO DE INVESTIGAÇÃO E PESQUISA PSICANALÍTICA NAS TOXICOMANIAS E NO ALCOOLISMO – TyA

2º semestre de 2017

Coordenação: Lilany Vieira Pacheco

Coordenação Adjunta: Cláudia Generoso

Responsáveis: Cristina Nogueira, Marcelo Quintão, Maria Rachel Botrel, Maria Wilma S. de Faria.

Consultores: Antonio Beneti e Jésus Santiago

Inscrições: Secretaria do IPSM-MG.

Ementa:

A metaforização do Desejo da Mãe, pelo significante do Nome-do-pai e as formas da carência paterna que podem se apresentar nesta operação lógica situa a investigação sobre o fenômeno toxicomaníaco, no terreno da conceitualização da falha, do buraco no gozo fálico, introduzida por Lacan no curso de sua investigação sobre as psicose, articulando o termo foraclusão  e suas incidências seja na exclusão da ordem fálica nas psicoses, inicialmente, formalizada pelo matema phi-zero Φ0; e, para a falha na simbolização do Nome-do-pai, P0. A investigação das diversas condições nas quais um termo implicaria necessariamente o outro e, em especial, as possibilidades de ocorrer ruptura com o gozo fálico sem que haja forclusão do Nome-do-Pai foi tema exaustivo da discussão sobre a definição lacaniana da droga: “a droga é o que permite ao sujeito romper o casamento com o pequeno pipi”. As diferentes modalidades de apresentação do fenômeno toxicamaníaco no contexto contemporâneo e seus impasses no diagnostico e direção do tratamento, é o motivo que temos, nesse semestre, para interrogarmos o campo clinico das toxicomanias, a partir do referencial dos índices de foraclusão e a clínica do desenlace, à luz do que Jacques Alain Miller denominou Ultimíssimo Ensino de Lacan.

Tema geral: O uso de drogas como índice de foraclusão nas psicoses ordinárias e as outras, sob transferência

 

PROGRAMAÇÃO:

 

Agosto. Dia 08. terça

Apresentação do tema do semestre

Lilany Pacheco

 

Agosto. Dia 09. quarta

Apresentação de paciente

Horário: 10.30 horas.

Entrevistador: Jésus Santiago

Local: Centro Mineiro de Toxicomania

 

Agosto. Dia 22. Terça

Seminário Clínico – Enganches e Desenganches”

Maria Wilma S. de Faria

Comentário: Yolanda Vilela

 

Setembro. Dia 26. terça

Seminário Teórico: “Quando a toxicomania não é mais o que era”

Antônio Beneti

 

Outubro. Dia 10. terça

Seminário clínico – “Há uma forclusão?”

Cristina Nogueira

Comentário: Sérgio de Castro

 

Outubro. Dia 24. terça

Seminário teórico – Uso de droga com índice de forclusão nas psicoses

Marcelo Quintão

Comentário: Rachel Botrel

 

Novembro. Dia 14. terça

Seminário clínico -Comentário da Apresentação de paciente

Maria José Gontijo Salum

 

Novembro. Dia 28. terça

Pontuações sobre o tema e trabalhos do semestre

Claúdia Generoso