Nota de Encerramento da XXI Jornada da EBP-MG

Nota de Encerramento da XXI Jornada da EBP-MG

Encerramento e mais ainda…

Tema da XXII Jornada da EBP-MG

Chegamos ao final de mais uma Jornada da EBP-MG – mais de um ano de trabalho, resultando nesses dois dias de vivo encontro onde pudemos ver a Clínica de Orientação Lacaniana se mostrar, sem recuar, em torno da investigação sobre o inconsciente e a diferença sexual.

Um real trabalho de Escola, da Escola de Lacan! Agradeço os colegas da nossa Diretoria, Rachel Botrel, Sérgio de Castro e Sérgio Mattos, bem como, Ludmilla Feres e Jésus Santiago, por meio dos quais agradeço a todos vocês.

Saímos hoje, daqui, mais esclarecidos que antes e com outras novas questões. Levo comigo a pergunta que Jésus lançou agora na grande conversação.  Haveria uma sexologia Lacaniana? Jésus provocado pela discussão da sala do “Extase de Santa Teresa D’Avila, ainda acrescenta a partir das pontuações de Helenice e Sérgio de Castro: se há uma sexologia Lacaniana,  não haveria um elemento de père-version, ainda pouco lido,  que pede para ser investigado em nossa clínica? Eu penso que só poderemos avançar no trilho da elucidação de tais questões se perseguirmos o que se passa na operação que Ram Mandil cunhou como “operação trans”, ou seja, uma clínica sob transferência.

A força de ensino da conferência de Jésus Santiago, do encontro com o livro de Pierre Naveau, da Jornada Clínica que ressoou através dos seus leitores AME e dos testemunhos do passe de Maria Josefina (Pepita) e Sérgio Laia,  nos tocou e confirmou que é mesmo da clínica que devemos extrair o saber que espera ser lido.

Essa foi a nossa aposta com a XXI Jornada e  levamos a sério esse programa de investigação,  sobre o inconsciente hoje, um programa clínico, da clínica do falasser! A Jornada que hoje concluímos se inscreveu aí e seguiremos nesse caminho.

Agradeço em nome da Diretoria e o Conselho da EBP-MG a presença de cada um que participou desse trabalho de Escola.

Agora é hora de descansar, um pouquinho… Mas não sem antes apontar o que temos pela frente, nosso horizonte:

Nossa próxima Jornada, anotem em suas agendas, acontecerá nos dias 26 e 27 de outubro de 2018. Teremos como convidada Internacional Christiane Alberti, atual presidente da ECF.  E convidamos para dirigir  e coordenar os trabalhos, Simone Souto, Diretora de Orientação,  e Laura Lustosa Rubião, Coordenadora Geral da XXII Jornada da EBP-MG.

A conversa já começou e está animada e bem viva! Não vamos recuar da clínica do falasser: essa é a nossa pegada e orientação. Nessa linha decidimos instalar uma sequência, Simone aponta essa direção; seguiremos com o programa que já está em curso, indo mais longe nessa estrada.

Nosso tema será – O inconsciente e o mestre contemporâneo: o que pode a transferência? 

Seguiremos, portanto, do lado do falasser,  investigando o que pode a operação trans diante do mestre contemporâneo.

Desejo ânimo e força a equipe que está por vir conduzida por Simone e Laura; tenho clareza que faremos uma bela e rigorosa Jornada, à altura dos impasses clínicos de nossa época.

Aguardamos todos

Deixo-lhes agora, atendendo a pedidos, com “As rapidinhas”. Vale a pena ver de novo!

(Para acessar “As rapidinhas”, baixe o aplicativo EBP-MG, disponível nas lojas Apple Store e Google Play)

Fernanda Otoni Brisset
Diretora da EBP-MG

28 de outubro de 2017